Clique nas setas

1. Cozido à portuguesa

A vida são dois dias e no Carnaval são três”. Esta é uma das expressões que vulgarmente utilizamos quando não estamos para nos chatear com algum assunto.

São três dias de folia, em que tudo – bem, quase tudo – é permitido, uma vez que antecedem o período da Quaresma (uma época de jejum e de penitência para os católicos).

Esta é uma época onde se come muita carne, já que a partir da chamada Quarta-feira de Cinzas se começa o jejum. Aliás, a palavra Carnaval deriva do latim “Carnis levale” ou seja “retirar carne”.

Aqui pela TeleCulinária não deixamos a data passar em vão, por isso selecionámos cinco pratos que tipicamente se comem nesta época festiva em Portugal: Cozido à portuguesa, Feijoada de orelheira, Bulho com cascas transmontanas, Malassadas e Filhós de Carnaval.

Nada melhor do que começarmos este Carnaval do que com um Cozido à portuguesa. Um prato tipicamente português e tão apreciado, precisamente pela diversidade de carnes e enchidos que o compõem. Este leva duas horas a estar à sua mesa, mas vai valer a pena

Grau de dificuldade: Fácil
Custo da Refeição: Económico
Tempo: 2 horas
Doses: 8 pessoas

Ingredientes:

Instruções:

1. Corte as carnes de vaca e porco em cubos. Coloque todas as carnes e enchidos numa panela, cubra com água, tempere com uma pitada de sal, leve ao lume e deixe cozer. Rectifique de sal e, à medida que as carnes e os enchidos forem ficando cozidas, vá-as retirando e reserve.

2. Descasque as cenouras e os nabos e corte-os em pedaços. Coza-os na mesma água das carnes, retire e reserve.

3. Corte a couve em pedaços grosseiros, lave-os e coza-os igualmente na mesma água. Retire e reserve.

4. Divida a água em duas partes e coza o arroz numa delas. Descasque as batatas, corte-as ao meio e coza-os na restante água. Retire e reserve.

5. Escorra o feijão, aqueça-o na água das batatas, escorra e disponha numa travessa. Junte a couve, o arroz, as batatas, as cenouras e os nabos, bem como as carnes e os enchidos cortados em pedaços, e sirva bem quente.

2. Feijoada de orelheira

Muito apreciada na Beira Litoral por esta altura, a Feijoada de orelheira é um “petisco” de comer e chorar por mais. Confecionada com orelheira fumada, chouriço de carne e feijão branco, esta verdadeira maravilha não o vai deixar indiferente.

Grau de dificuldade: Fácil
Custo da Refeição: Económico
Tempo: 1 hora e 50 minutos + tempo para demolhar
Doses: 6 pessoas

Ingredientes:

Instruções:

1. Ponha a orelheira a demolhar em água fria de um dia para o outro. No dia, limpe-a, lave-a e coza-a em água, juntamente com o chouriço e o salpicão. Descasque as cenouras, junte-as também ao tacho e deixe cozer mais 15 minutos. Vá retirando os ingredientes consoante forem ficando cozidos, deixe arrefecer as carnes, rejeite os ossos à orelheira e corte-a em pedaços pequenos. Reserve a água da cozedura.

2. Descasque e pique as cebolas e os alhos, deite para um tacho, junte o azeite e a folha de louro, leve ao lume e deixe cozinhar até a cebola ficar douradinha. Adicione o tomate pelado picado com o molho e o colorau, mexa e deixe cozinhar, em lume brando, durante 10 minutos. Junte a orelheira, mexa, acrescente 5 dl da água de cozer as carne e as cenouras cortadas em rodela, mexa e deixe ferver.

3. Adicione depois o feijão branco cozido, misture e deixe cozinhar até ficar bem apuradinho. Rectifique o sal, tempere com um pouco de pimenta, polvilhe com os cominhos e sirva com o chouriço e o salpicão cortados em rodelas. Decore com salsa picada e acompanhe com arroz branco.

 

3. Bulho com cascas transmontanas

Bulho com cascas transmontanas

Mais um prato onde a carne de porco é rainha. O bulho ou butelo é um enchido feito com carne de porco e que inclui ossos. Com um sabor intenso é normalmente servido com as cascas transmontanas ou por outras palavras, feijão seco dentro das suas vagens.

Grau de dificuldade: Fácil
Custo da Refeição: Médio
Tempo: 1 hora e 30 minutos + tempo para demolhar
Doses: 6 pessoas

Ingredientes:

Instruções:

1. Demolhe as cascas de feijão em água de um dia para o outro. No dia, arranje o frango, corte-o em pedaços e leve-os a cozer em água temperada de sal, uns grão de pimenta e as folhas de louro, juntamente com o butelo, o presunto e o salpicão. Retire e reserve as carnes conforme forem ficando cozidas.

2. Coza depois as cascas de feijão, no mesmo tacho com a água de cozer as carnes, até que fiquem macias. Escorra-a e coloque-as numa travessa.

3. Corte o presunto, o butelo e o salpicão em pedaços, disponha-os na travessa, adicione também o frango e sirva. Pode regar as cascas de feijão com um fio de azeite e acompanhar com um arroz preparado com o caldo da cozedura.

4. Malassadas

malassadas

Estas vêm da ilha da Madeira e costumam ser regadas com mel de cana-de-açúcar. São uma espécie de sonhos fritos que nesta época carnavalesca se confecionam naquele Arquipélago Regional, onde o Carnaval já faz parte do cartaz turístico. Estas que aqui lhe apresentamos são com uma massa normal e polvilhadas com açúcar, mas também podem ser feitas com batata-doce.

Grau de dificuldade: Fácil
Custo da Refeição: Económica
Tempo: 1 hora + tempo para levedar
Doses: 7 pessoas

Ingredientes:

Instruções:

1. Deite a farinha para uma tigela, abra uma cavidade e junte a pitada de sal e o açúcar. Dissolva o fermento na água morna, adicione à tigela, junte também o sumo de laranja e a aguardente e mexa bem. Adicione os ovos um a um e batendo sempre até ficar uma massa lisa. Tape com um pano e deixe levedar durante 2 horas.

2. Leve ao lume um tacho com óleo abundante e deixe aquecer. Mexa um pouco a massa, deite-a no óleo em pequenas colheradas e deixe-as fritar até ficarem douradinhas. Retire, deixe escorrer sobre uma folha de papel de cozinha e repita até terminar a massa.

3. Depois polvilhe com uma mistura de açúcar e canela e sirva.

5. Filhoses de carnaval

Filhoses

E terminamos com umas Filhoses de Carnaval, até porque os excessos são permitidos por estes dias. E não se esqueça: “A vida são dois dias e no Carnaval três”! 

Grau de dificuldade: Fácil
Custo da Refeição: Económica
Tempo: 1 hora + tempo para levedar
Doses: 8 pessoas

Ingredientes:

Instruções:

1. Para preparar estas filhoses de carnaval, dissolva o fermento no leite morno. Deite a farinha em cima da mesa, junte o açúcar, a raspa do limão, os ovos, a manteiga derretida e o leite com o fermento e misture bem. Depois trabalhe bem a massa até se descolar da mesa e das mãos, deite-a numa tigela polvilhada com farinha, cubra com um pano e deixe levedar até triplicar o volume.

2. Leve um tacho ao lume com óleo abundante e deixe aquecer. Retire um pouco da massa do tamanho de um ovo e abra com os dedos a partir do interior para os bordos de modo a ficar tipo uma argola. Deite no óleo quente, deixe fritar até ficar douradinha de ambos os lados, retire e deixe escorrer. Repita até terminar a massa.

3. Depois polvilhe com uma mistura de açúcar e canela e sirva.

 

6. Comentários