O figo é um fruto presente na mesa dos portugueses durante o Verão.Figo_2 (Custom)

A sua casca (preta, roxa, verde ou amarela) caracteriza-se por ser fina e na sua polpa podemos encontrar algumas sementes. Por ser rico em fibra, e com numerosas sementes, o figo apresenta-se como um verdadeiro aliado para quem sofre de obstipação. Sendo também rico em potássio, torna-se um verdadeiro herói para quem sofre de hipertensão, visto ajudar a baixar e controlar a tensão arterial. A saúde óssea também é beneficiada por quem opta por consumir este fruto, já que ele é rico em cálcio, e dificulta a sua perda através da urina. O cobre e o ferro também estão presentes neste fruto, e estes dois minerais são importantes na manutenção das células do sangue, os conhecidos glóbulos vermelhos.

O figo tanto pode ser consumido fresco como seco. A nível energético, o figo fresco tem cerca de 70 calorias por 100 gramas, enquanto que depois de seco esse valor eleva-se para 230 calorias. Apesar deste valor se apresentar mais alto, o figo seco acaba por ter uma concentração maior de todas as propriedades benéficas, e revela-se muito importante em casos de maiores necessidades energéticas, como recuperação de peso e nos atletas.

É importante para o sistema respiratório, atenuando os sintomas de bronquite, bem como para o sistema digestivo e para o bom funcionamento da vesícula biliar.

Muito rico em vários antioxidantes são várias as razões que nos levam a provar este fruto nesta edição.