Nesta altura do ano, quando o calor aperta, sentimo-nos muitas das vezes mais inchados e com retenção de líquidos. Mas sabe-se que essa retenção tem várias origens, a primeira das quais é o consumo de água em quantidades inferiores às desejáveis. Não esqueçamos que perdemos água por transpiração, logo as nossas necessidades de água no Verão são sempre superiores às do tempo frio. Outro fator é o excesso de consumo de alimentos ricos em sódio, isto é alimentos com maior teor de sal. Os fatores hormonais são outros dos causadores desta retenção hídrica, assim como a má circulação a nível venoso. Mas afinal o que é isto de alimentos diuréticos? São alimentos que por serem mais ricos em água, vão acabar por nos ajudar a eliminar os líquidos que podem estar em excesso no nosso organismo. Nesta edição apresentamos quatro, a alcachofra, o pepino, o melão e o abacaxi.Alimentos diureticos

A alcachofra, por ser rica em potássio, ajuda o nosso organismo a eliminar o sódio, fazendo assim os rins trabalharem. Com este processo o nosso organismo irá libertar o excesso de água. Saiba também que a alcachofra é um forte aliado do nosso fígado, promovendo a sua desintoxicação, quer devido a uma má alimentação, como ao uso de medicamentos, e da vesícula biliar, ajudando a aumentar e fluidificar a bílis, melhorando assim o transito intestinal.

O pepino é dos alimentos mais diuréticos que existem, pois é constituído 95% por água. Por ser também rico em potássio, oferece uma maior flexibilidade aos músculos e elasticidade às células, razão pela qual é usado no rejuvenescimento da pele, nomeadamente do rosto.

O melão é uma fruta de Verão. Como o Verão combina com hidratação, este fruto apresenta-se como um aliado nestes meses mais quentes. É importante na regulação hídrica do organismo, mas também no tratamento da obstipação, por ser rico em pectina, uma fibra solúvel que também actua na regulação dos níveis de colesterol e na saciedade.

O abacaxi, para além de um excelente diurético, por ser rico em fibra, é um desintoxicante. Tem uma forte função digestiva, pois é rico em bromelina, uma enzima que facilita a digestão das proteínas.