As suas peculiares características emprestam um sabor distinto a qualquer prato. Está entre os ingredientes com maior aptidão para os cozinhados, como podem comprovar estas especialidades.

Saiba mais

  • Este produto é obtido a partir das pernas traseiras do porco, que depois são submetidas a um processo de salga em cru e curado de forma natural.
  • Os primeiros registos históricos deste alimento remontam ao Império Romano.
  • É apreciado como entrada e petisco; pode ser incluído em preciosos recheios para sanduíches, pizzas, folares, quiches e bolos salgados, e utilizado nos mais variados pratos salgados.
  • Em Portugal, as variedades mais conhecidas são o presunto de Chaves e do Barroso, em Trás-os-Montes, e o de porco preto, no Alentejo.

Valor nutricional

  • É rico em proteína e ferro.
  • Cerca de 100 g de presunto sem osso, cozido, possuem aproximadamente 461 calorias.Devido à sua riqueza em sal, deve ser consumido com alguma moderação, especialmente para quem sofre de hipertensão arterial.
  • Para o tornar menos salgado, demolhe-o em água fria até apresentar o teor de sal desejado.

Comentários